Porquê gatos?

Mimo - Gato amarelo. Foto de R.F. Gutschmidt CC 0

Por que amamos gatos? O que é, que continua a fascinar-nos tanto acerca deles? Reações como: "Oh, que fofinho ..." ou "Tão adorável" emergirem nós ao ver imagens ou vídeos e quando vemos um gato brincando lá fora, são em maior parte comuns.

De: Rui Filipe Gutschmidt

Mas por que reagimos desta maneira? Psicólogos têm diferentes explicações para o fenômeno, mas é mais provável que todas são verdadeiras. Algumas pessoas têm gatos, porque eles fazem lembrar crianças humanas. Incapaz de ter seus próprios filhos ou apenas indispostos a tê-los, eles adotam um ou mais animais de estimação. Fica mais barato, mais fácil de obter e de educar - às vezes - e trazem tanta alegria para as nossas vidas. Mas isso isso também se aplica aos cães ou outros animais de estimação.

Gatos ganharam os corações das pessoas com uma certa admiração pela sua independência e do seu típico caráter livre. Dizendo que o gato “não é domiciliável” por outro lado, é um mito. Eles não podem ser educados como os cães, mas você pode ensinar um gato a diferença entre o certo e o errado, o bom e o mal e você pode influenciar a maneira como o seu gato se comportará. Que o ensino de um gatinho é fácil e com gato adulto impossível, igualmente não é completamente verdadeiro. Só através da utilização de uma voz firme e mostrando-lhes o comportamento que você aprovar / reprovar, o dono do gato é capaz de educar os pequenos selvagens em ... bichanos menos selvagens. Mas, por mais que você educar sua bola de pêlo, você pode ter sempre certeza de uma coisa: Eles é que vão treinar e educar você em tempo recorde!

Há uma química entre os seres humanos e gatos, difícil de explicar, mas fácil de compreender, de sentir. No antigo Egito o gato era considerado uma criatura divina. Não só a protecção do grão dos ratos ou a capacidade de caça fez o gato ser tão popular, mas sua maneira de amar e sua forma lúdica, que nos faz rir e que nos faz apaixonar. O contato com a suavidade do pelo, nos lembra algo de primário, de tempos remotos do nascimento da humanidade. Há estudos científicos sobre a forma como o ronronar influencia o nosso bem-estar, tal como a saúde fisiológica e psicológica de quem vive na companhia de gatos. Tudo isso e muito mais ainda são as razões por que nós amamos tanto os gatos.


Eles são simplesmente bonitos, criaturas adoráveis, que iluminam as nossas vidas e que por sorte nossa escolheram partilhar o seu amor com a gente. Por isso, obrigado ó Bastet, Deusa do grande miar, dê muitos rrrrrooonnnn aum miau rrrooonnn.....